A arte de SEO

Este livro (A Arte de SEO, em sua edição original em inglês) merece 5 estrelas. Inclusive já está na 3ª edição.

Os autores são renomados especialistas no tema.

Mas as edições em português do Brasil (esta é a 2ª) pecam principalmente pela tradução. O que não é novidade para livros técnicos traduzidos em nosso país. As editoras (ao que parece) traduzem o texto completo usando algum software de tradução e, depois, passam um “pente não-tão-fino” e publicam o resultado.

Esta edição, publicada em 2012, evidentemente encontra-se desatualizada. Porém, reafirmo, o que mais a deprecia é a tradução.

Logo no primeiro parágrafo do 1º capítulo há uma inconsistência:

“As buscas passaram a ser uma parte integrante da estrutura da sociedade. Com mais de 12 milhões (sic) de buscas realizadas a cada mês, segundo os dados de janeiro de 2009 (…), aproximadamente 400 milhões (sic) de buscas foram feitas na Web todos os dias”.

Como isso é possível? O volume diário deve ser inferior ao mensal…

Na página 73 há um exemplo dos diversos erros de revisão. E este é grave, pois ambos os termos fazem sentido no contexto do parágrafo (o que pode conduzir o leitor novato a erro): “obtidos” quando o correto seria “omitidos”.

Na página 249:
“Da mesma forma, é importante usar outras frases relacionadas dentro da cópia do texto para reforçar o contexto e a relevância (…)”

Cópia do texto? O tradutor traduz literalmente o inglês “copy” como “cópia”?
Melhor seria “corpo do texto”.

Enfim, não recomendo.

Sumário
Data
Livro
Livro A arte de SEO
Avaliação
31star1star1stargraygray

Você Também vai gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *